Esportes

Brasil, com a recordista Marta, vence a Itália e se garante em 3º

A Seleção feminina fez um jogo maduro diante das já classificadas italianas


Foi sofrido, com um certo temor durante os 90 minutos, mas a seleção brasileira manteve a escrita de nunca de ter perdido para a Itália até hoje e, com uma atuação um pouco mais segura na defesa, bateu as italianas em Lille, na França, por 1 a 0, com um pênalti cobrado pela 'rainha' Marta, interpretado pela arbitragem após choque de Debinha com zagueira italiana, aos 74 minutos de jogo.

No entanto, a defesa brasileira continuou proporcionando alguns sustos à torcida. Tanto é que no último minuto dos acréscimos, a Itália só não empatou por conta da goleira Bárbara, que teve ótima atuação.

Com a vitória e a goleada imposta da Austrália sobre a Jamaica por 4 a 0, a seleção brasileira aguarda agora o adversário nas oitavas de final, que pode ser uma pedreira: Alemanha ou França. Isso porque o Brasil ficou na terceira colocação, sendo superado pela Australia por saldo de gols.

O Brasil se confirmou melhor até os 25 minutos do primeiro tempo mas, aos poucos, o equilíbrio foi aparecendo. As italianas, com o comandante Ghirelli, foram chegando com mais perigo e por pouco não abriram o placar. Na etapa final, o Brasil fez um jogo mais sólido e Marta marcou de pênalti, se tornando a maior goleadora de todas as Copas do Mundo. A baixa brasileira foi a jogadora Andressa Alves, que sofreu uma lesão na coxa.

SEE ALSO ...